(((o))) ALDEIA MUNDUS-(Rivaldo R. Ribeiro:José Bonifácio-SP)-Nature and Environment




Com vergonha  Superexploração dos trabalhadores nas plantações canavieiras é mascarada no estado de SP. 

Quando lemos nos livros de história que durante o século XVIII e XIX, na chamada Revolução Industrial, os trabalhadores das fábricas européias chegavam a jornadas diárias de 12 horas ou mais, tendemos a nos espantar com tal condição exploratória e desumana de trabalho. O que muitas vezes não se percebe é que condições de exploração no trabalho continuam acontecer nos dias de hoje, muitas vezes em locais mais próximos do que se imagina. É o que afirma a socióloga e professora da Universidade Federal de São Carlos (Ufscar) Maria Aparecida Moraes Silva, que estuda o trabalho na agroindústria da cana-de-açúcar. 

Segundo Silva, há uma ideologia no estado de São Paulo que tenta negar e existência do trabalho humano nas plantações canavieiras, tornando invisível a superexploração dos trabalhadores neste setor – marcado, inclusive, por mortes por excesso de esforço. 

Segundo a pesquisadora da Ufscar a ideologia presente na agroindústria da cana-de-açúcar seria produzida por empresas, pelo Estado e meios de comunicação, difundindo que o cultivo da cana está sempre ligado à tecnologia, energia limpa, sustentabilidade e trabalho mecanizado. Silva lembra que “há um lado perverso do trabalho da pujança canavieira do estado de São Paulo; há contradições que permeiam esse mercado e perpassam a vida dos indivíduos que dela participam”. 

Segundo dados que Silva expôs em Mesa Redonda realizada no XV Congresso Brasileiro de Sociologia, atualmente o estado de São Paulo possui dois terços de toda sua área agricultável ocupada por esse tipo de cultura. Do ano de 2005 a 2011 foram 23 mortes por excesso de esforço nas plantações canavieiras paulistas. Para Silva, trata-se da depredação do corpo, onde a própria dignidade do ser é atingida. 

A visão sociológica entende por ideologia qualquer representação distorcida da realidade histórica e social, que cria um ofuscamento que impede que o indivíduo ou a grupo social perceba a diferença entre a aparência e a essência da sociedade. Uma ideologia é constituída por um conjunto de idéias e imagens que legitimam a organização social e estimulam os indivíduos a se adaptarem a esta. Entre os principais procedimentos ideológicos está a anulação da responsabilidade humana na construção de uma sociedade desigual e contraditória. 

Silva explica que a mão-de-obra migrante do Nordeste é majoritária neste setor devido, entre outros fatores, a um processo específico de socialização para o trabalho. O corte da cana não exige grande capacitação técnica para o trabalho. Antes, para tal tarefa, é necessária uma socialização que, de acordo com a socióloga, em São Paulo não existe: “estes trabalhadores migrantes são acostumado à terra, ao sol, à chuva, ao barro e a se submeterem a uma série de intempéries e situações que não estão mais cogitadas no imaginário dos jovens de São Paulo”. Tais trabalhadores estão expostos, inclusive, ao que chama de apropriação do afeto, já que são afastados de suas famílias para conseguirem seu sustento. 

Para Silva, o que acontece no “mar de cana paulista não é o fim do trabalho, mas sim novas formas de gestão deste trabalho e aumento do nível de exploração”. 

Processos de trabalho, produtividade e superexploração

De acordo com o estudo do economista Francisco Alves, também da Ufscar, na década de 1950 a produtividade do trabalho no setor da cana, medida em toneladas cortadas por dia/homem ocupado na atividade, era de três toneladas; na década de 1980, a produtividade média passou para seis toneladas de cana por dia/homem ocupado e, no final da década de 1990 atingiu entre 12 toneladas de cana por dia. 

Alves explica que este aumento da produtividade se dá, sobretudo, pela forma de pagamento utilizada atualmente – decorrente de sua produção: quanto mais quilos de cana cortada, mais eles recebem. Anteriormente, o trabalho dos cortadores era medido por metro cortado. 

Segundo Alves, o cortador de cana pode ser comparado a um atleta corredor fundista, de longas distâncias, pois é necessário ter maior resistência física para a realização de uma atividade repetitiva e exaustiva, realizada a céu aberto, sob o sol, na presença de fuligem, poeira e fumaça, por um período que varia entre oito e 12 horas diárias. 

Segundo a pesquisa de Alves, a combinação do processo produtivo, do procedimento de trabalho e da forma de pagamento utilizados no corte de cana explicam a ocorrência das mortes dos cortadores de cana por esforço excessivo.

Para saber mais:

ALVES, Francisco. Por que morrem os trabalhadores de cana?. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/sausoc/v15n3/08.pdf  

SILVA, M. A. M.; MARTINS, R. C. A degradação social do trabalho e da natureza no contexto da monocultura canavieira paulista. Sociologias (UFRGS. Impresso), v. 24, p. 196-241, 2010. 

Por Maria Teresa Manfredo, da ComCiência, Revista Eletrônica de Jornalismo Científico, LABJOR/SBPC.

 

Fonte: PORTAL ECODEBATE-Cidadania e Meio Ambiente, 16/08/2011

 

[ O conteúdo do EcoDebate é “Copyleft”, podendo ser copiado, reproduzido e/ou distribuído, desde que seja dado crédito ao autor, ao Ecodebate e, se for o caso, à fonte primária da informação ]



Categoria: Opinião/Notícias
Postado por Rivaldo R. Ribeiro às 00h24
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]





 DIA DO COMBATE À POLUIÇÃO:14/08/2011
O que você está Fazendo para diminuir a poluição?
"Parem de poluir nossos rios"
Campanha blog  S.O.S  RIOS DO BRASIL: http://sosriosdobrasil.blogspot.com/

Meus blogs,tambem entram nessa luta:

http://aldeia-mundus777.blogspot.com/

http://painel-mundus777.blogspot.com/

 



Categoria: Agua.
Postado por Rivaldo R. Ribeiro às 00h39
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]





 

SP: Ambientalistas querem impedir canaviais na região de aquíferos da estância hidromineral de Águas da Prata.

 

UOL Busca Águas da Prata, estância hidromineral no interior de São Paulo, teme que o plantio contamine suas fontes de alta qualidade

 

Ambientalistas tentam barrar um projeto de um grupo sucroalcooleiro que prevê a plantação de canaviais numa região de aquíferos da estância hidromineral de Águas da Prata, no interior de São Paulo, a 238 quilômetros da capital.

 

Eles alegam que o uso de defensivos agrícolas na cultura de cana pode causar a contaminação das fontes que produzem uma das águas de melhor qualidade em todo o mundo, comparadas às da estância de Vichi, na região central da França. Reportagem de José Maria Tomazela, em O Estado de S.Paulo.

 

De acordo com a Associação dos Guardiões da Rainha das Águas (ONG Guará), a cidade de 7,2 mil habitantes tem um dos maiores índices de preservação de mata nativa do Brasil e nascentes espalhadas por todo o seu território, sendo 11 de água mineral medicinal, consumidas pela população e usadas por turistas.

 

“Essas nascentes dão a dimensão da importância dos nossos aquíferos, tanto que a cidade tem lei que proíbe abrigar até mesmo cemitério e criação de gado em larga escala, para não contaminar os lençóis subterrâneos”, disse Yara Cavini, ambientalista da ONG.

 

Segundo ela, estudos de lençóis freáticos em áreas de canaviais do Estado já demonstraram a contaminação por agroquímicos aplicados na cultura.

 

A multinacional espanhola Abengoa Bioenergia, que tem usina de açúcar e álcool na vizinha São João da Boa Vista, arrendou parte da fazenda Retiro, em Águas da Prata, para plantar cana. As terras, que estão sendo preparadas para o plantio da cana, ficam em uma área da bacia do Rio da Prata, que abastece a cidade.

 

Unanimidade. Em primeira discussão, a Câmara Municipal de Águas da Prata aprovou por unanimidade um projeto do prefeito Samuel da Silva Binati (PSC) que restringe a lavoura da cana no município. Se aprovada na segunda votação, que ocorrerá no próximo dia 10, a lei vai exigir que as plantações comerciais sejam submetidas a estudo de impacto ambiental.

 

A norma proíbe o uso de fogo na colheita ou preparo do solo e também o cultivo num raio de 3 quilômetros da captação de água usada para abastecimento público ou para exploração de águas minerais. O infrator, pessoa física ou jurídica, fica sujeito ao pagamento de multa de R$ 3,5 mil por hectare. A Abengoa Bioenergia informou, por meio de assessoria de imprensa, que somente se manifestará após a votação final pela Câmara.

 

EcoDebate, 05/08/2011

 

[ O conteúdo do EcoDebate é “Copyleft”, podendo ser copiado, reproduzido e/ou distribuído, desde que seja dado crédito ao autor, ao Ecodebate e, se for o caso, à fonte primária da informação ]

 

Veja no Link:

 SOS ÁGUAS MINERAIS MEDICINAIS DE ÁGUAS DA PRATA (SP) -

 

Parabens ao Prefeito da da Estância Hidromineral de
 Águas da Prata: UOL Busca Samuel da Silva Binati  pela iniciativa.
O sr. agiu como um verdadeiro defensor do seu povo e da sua terra

 Que Deus o ajude,pois é um exemplo a seguir.

 



Categoria: Agua.
Postado por Rivaldo R. Ribeiro às 23h25
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]





  

RIACHO CERRADÃO AINDA TEM ÁGUA...

"E a gente ainda não se deu conta de que a nossa abundância (no bom sentido...)
pode virar motivo de guerra planetária. Ou pode acabar antes." (Ricardo Gontijo)

 Dois sudaneses a procura de Água

Dois Sudaneses bebem água dos pântanos, com tubos plásticos, especialmente concebidos para este fim,com filtro para filtrar as larvas flutuantes, responsáveis pela enfermidade da UOL Busca lombriga da Guiné. (Clique e pesquise, é horrivel)
O programa distribuiu milhões de tubos e já conseguiu reduzir em 70% esta enfermidade debilitante.

Mar Aral

Clique e pesquise: UOL Busca MAR DE ARAL: Aquele que foi o quarto maior lago do mundo, agora é um cemitério poeirento de embarcações que nunca mais zarparão...

RIACHO CERRADÃO-JOSE BONIFÁCIO-SP, ainda corre teimoso brigando contra ganância burra do homem... Contra o seu instinto de produtor de LIXO contra si mesmo. 

A água é vital para a nossa sobrevivência, existem lugares pelo mundo afora que está se tornando cada vez mais escassa, mas em nome de um desenvolvimento equivocado, pois está nos matando, quando por venenos agrícolas que ninguém consegue evitar, tanto pela poluição dos mananciais.

E é bom lembrar o que corre nas nossas veias em maior parte é água, sendo o corpo humano constituido de cerca 70% do precioso liquido, portanto a água é fundamental na composição do sangue.

Chegamos no ponto final? ...



Categoria: Agua.
Postado por Rivaldo R. Ribeiro às 00h02
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]





 
 

Meio ambiente e Natureza.

Praça Sebastião Pereira Lima-Jardim Novo

 

 Jardim Novo-Foto Rivaldo R.Ribeiro

Quando me refiro ao mundo que vivemos sempre digo Meio Ambiente e Natureza, porque acho que são duas coisas distintas, mas relacionadas.

 

MEIO AMBIENTE: As alterações do nosso meio ambiente é um reflexo da própria natureza que não está sendo respeitada, isso ocorre quando há desmatamento, desrespeito a sua soberania natural, poluição dos rios e atmosfera, queimadas nas florestas e agrícolas etc. 

 

Mas existe outra conotação do termo Meio Ambiente, que muitos esquecem: Fazemos parte de uma sociedade onde todos interagem, no ambiente trabalho, na religião, com os vizinhos, um Meio Ambiente que não tem nada haver com a natureza. Seria nosso Meio Ambiente próprio, onde todos devem respeitar a privacidade e individualidade de cada componente desse grupo social.

 

Esse Meio Ambiente pode ser transformado negativamente ou positivamente apenas por um pequeno grupo. Esse grupo pode transformar e interferir no sossego da maioria: fazendo algazarras, sons de automóveis alem do permitido até altas horas da noite. Gritarias como se fossem selvagens, brigas, agressões a inocentes. São atitudes que nos atormentam e muda nosso meio ambiente, nosso principal habitat que é o meio urbano.     

 

E nosso Meio Ambiente social vem sendo alterado gradativamente em quase todas as cidades brasileira à medida que a educação cívica e social do povo declina.

 

Olhando para nossa Praça Sebastião Pereira Lima, conhecida popularmente como Jardim Novo tem-se claramente a definição de um Meio Ambiente alterado. O apelido de Jardim Novo veio de uma total transformação da praça antiga que existia ali, foi duas modificações que levou os moradores das vizinhanças a loucura.

 

Um determinado prefeito destruiu por completo a praça que o prefeito anterior havia feito, deixando aquele espaço em terra nua levando todos a loucura por causa da poeira, especialmente quando vinha os temporais de ventos fortes.

 

Faltava bom senso aos mandatários da época, aos moradores das redondezas eles pouco se importavam quanto a sua saúde ou na limpeza de seus lares.

 

Até que foi remodelada definitivamente ficando ali uma bela praça, onde todos se reuniam nas tardes para conversações e brincadeiras das crianças. 

 

O Meio Ambiente social do Jardim Novo era agradável e saudável. Um cartão postal aos visitantes. Serviu muitas vezes de locação para ensaios fotográficos. Os noivos pousavam junto às plantas ornamentais registrando em alguns casos os últimos momentos das cerimônias dos casamentos.

 

Atualmente a Praça Sebastião Pereira Lima é uma total desarmonia no que se refere à denominação de Jardim ou Praça: Local de flores, plantas ornamentais, gramados, pontos de encontro de namorados, conversações de aposentados, descontração nos fins de tarde.

 

Pois ela foi tomada por comerciantes desordenadamente numa total transformação da beleza que foi o JARDIM NOVO. 

 

E agora com a chancela da administração atual estamos vendo a criação de um futuro problema que poderá se tornar difícil e traumático para ser resolvido.

 

Um exemplo foi a retirada dos “lanchinhos” próximo ao hospital de base em Rio Preto, para outro local. Foi traumático e desagradável tanto para os trabalhadores locais, tanto para o poder público que infelizmente teve que tomar tal atitude, salvo engano, até com uso de força.

Com o crescimento da cidade fatalmente será exigido do futuro, a mesma atitude que ocorreu proximo ao Hospital de Base de Rio Preto. E ai?

Por falar em paisagismo hoje é aniversário de UOL Busca Roberto Burle Marx

,um bela coincidência com este post. 

 

Quiosques sendo usado pelos moradores de rua:

Quiosque Jardim Novo-Ocupado por moradores de rua-Foto Rivaldo R.Ribeiro

 

 

Vejam mais fotos no link:

http://aldeia-mundus777.blogspot.com/2011/08

 



Categoria: Meio ambiente e Natureza
Postado por Rivaldo R. Ribeiro às 00h32
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]





Água é a primeira coisa que alguém pede quando está moribundo e perdido num deserto!

Riacho Cerradão-José Bonifácio-SP

 

CÓRREGO MONTE ALEGRE-José Bonifácio-SP

FOTO 1: RIACHO CERRADÃO.

FOTO 2: CÓRREGO MONTE ALEGRE, com alguns trechos totalmente assoreado.

 

José Bonifácio-SP está cercada por riachos e córregos poluidos e assoriados.

 A Prefeitura promete resolver esse problema ambiental, inclusive já com projetos prontos.

Vamos aguardar!

 

Vejam mais fotos no link:

http://painel-mundus777.blogspot.com/2011/08/riachos-e-corregos



Categoria: Meio ambiente e Natureza
Postado por Rivaldo R. Ribeiro às 00h29
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]





Número de visitas :

[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]
 





VEJAM O NOVO BLOG

ALDEIA MUNDUS II



Clique nas Categorias:


Todas as mensagens

Meio ambiente e Natureza

Queimadas em canaviais.

Agua.

F o t o s-Vídeos/Opinião

Opinião/Notícias






Participe de várias

petições ao redor

do mundo:

 



   LINKS DO T E M P O:

Clima Estado São Paulo(UNESP-IPMET)    

Tempo Satélite

Monitoramento Umidade do ar: 

 

Instituto Nacional de Meteorologia

CLIMA TEMPO  


Cidades: Adolfo,Ubarana, José Bonifácio, Rio Preto, Araçatuba


SUDESTE:


SUL:


MEUS BLOGS:

Atitude Cristã:Caminho da Paz

Jesus Cristo:O Bom Pastor

Anunciar o Evangelion

São Francisco de Assis 

Aldeia Mundus:Meio Ambiente

Aldeia Mundus II 

Painel Geral 777 

Montanhas Azuis

Sintonia 777 

Caminho Franciscano 




Quem passou por aqui:



LINKS:












WWF alerta: valorizar a Natureza é o melhor meio de protegê-la





Votação
Dê uma nota para meu blog


Outros sites
 UOL - O melhor conteúdo
 BOL - E-mail grátis
 SÃO FRANCISCO DE ASSIS
 ATITUDE CRISTÃ-José Bonifácio-SP
 SECRETARIA MEIO AMBIENTE-SP
 MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE
 CONAMA-Conselho Nacional do Meio Ambiente
 ONG WWF-Brasil
 GREENPEACE
 AMIGOS DA TERRA
 RIVALDO R. RIBEIRO: OPINIAO MONOCULTURA CANA DE AÇUCAR-2006
 FOLHA ONLINE
 FOLHA ONLINE-AMBIENTE
 S.O.S. Mata Atlântica
 **LINK-Lei da Natureza
 **I B A M A-Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis
 INICIATIVA VERDE- Carbon Free
 DIARIOWEB-Meio Ambiente
 FUMAÇA SOBRE A SAÚDE-Portal Unesp
 Impacto da queimada da cana(Açúcar ético)
 INSTITUTO ROMÃ.(Fundada pelo renomado educador naturalista Joseph Cornell )
 INPE-Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais
 Ambiente Brasil-Portal ambiental
 O QUE FAZER COM O LIXO
 TRIBUTO A CIDADANIA
 PORTAL DO VOLUNTÁRIO
 INSTITUTO SOCIO AMBIENTAL
 Ipê-Instituto de Pesquisas Ecológicas
 O QUE É EDUCA REDE?
 DE OLHO NOS MANANCIAIS
 OBSERVATÓRIO DA IMPRENSA
 FUNDAÇÃO MOKITI OKADA
 MEIO AMBIENTE BRASIL
 O QUE FAZER COM O LIXO
 SOCIEDADE PESTALOZZI DE SÃO PAULO
 ENVOLVERDE
 CENTRO CLIMA- Centro de Estudos Integrados sobre Meio Ambiente e Mudanças Climáticas
 FAUNA BRASIL-O portal da fauna brasileira
 ECOTERRA
 CLICK ARVORE
 I B G E::Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística
 DIÁRIO DE BIOLOGIA
 BOTÂNICA ONLINE
 ADITAL-Noticias da America Latina e Caribe
 BBC-Brasil
 Ecodebate-Cidadania e Meio ambiente
 CPT-Comissão Pastoral da Terra
 CONSCIÊNCIA
 L I X O Z E R O
 ROTA BRASIL OESTE
 ARVORES DO BRASIL
 ARVORES- ESALQ-USP
 PEA-Projeto Esperança Animal
 ONG ECOPRESS-Agencia de noticias ambientais.
 APASFA-Associação Protetora dos Animais São Francisco de Assis
 Energia Eólica- Tecnologia
 ANA - Agencia Nacional de Águas
 CIENCIA EM DIA-Blog.da Folha-Marcelo Leite
 P E A -Projeto Esperanca Animal
 CATALOGO SUSTENTÁVEL (PRODUTOS E SERVIÇOS)
 HISTORIANET, a nossa historia
 INSTITUTO ETHOS de Empresas e Responsabilidade Social
 ISA::Instituto Socioambiental
 MERCADO ÉTICO-Portal sobre sustentabilidade
 Catálogo de fraudes na internet
 IDEC-Parceiro do Consumidor
 Espécies da Fauna Brasileira Ameaçadas de Extinção
 SOS FAUNA -Brasil
 OLHAR ECOLOGICO:(Blog editado por Frei Pilato Pereira)
 ECOLOGIA & ESPIRITUALIDADE
 Portal AprendiZ
 GeoMundo:paixão pela Geografia
 SUIPA-SOCIEDADE UNIÃO INTERNACIONAL DE PROTEÇÃO AOS ANIMAIS.
 PRIMEIRO CARRO-(Como tudo comecou)
 PLANETA TURISMO
 ASSOC. RECICLADORAS DE PAPEL
 EXCELÊNCIAS (Informações sobre parlamentares brasileiros)
 IMAZON-Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia.
 UNIVERSIDADE DA ÁGUA
 ADOTE UM FOCINHO- "Cada vez que você compra um filhote, morre um animal na carrocinha ou num abrigo."
 UOL CIÊNCIA E SAÚDE-AMBIENTE
 RENABIO-Rede Nacional de Biomassa Para Energia.
 INSTITUTO AKATU
 PROJETO MUNICIPIO VERDE -SP
 GREENPEACE BLOG
 MINISTÉRIO DO TURISMO-O portal Brasileiro do Turismo
 OUTRA AGRICULTURA-Agricultura de verdade,comida de verdade e meio ambiente por inteiro.
 ACMedia - Associação Portuguesa de Consumidores dos Media
 EcoWorld-The Global Environmental Community...
 CIÊNCIA HOJE-On-Line
 A V A A Z.ORG-O mundo em ação
 ECOLMEIA-Ecologia,Meio Ambiente e Reciclagem
 Dr. Américo Canhoto(Ecologia, palestrante, Médico Homeopatia e os florais de Bach)
 ENSP-Escola Nacional Saúde Pública
 FUNDAÇÃO GAIA
 Ondas3-Blogue de Portugal sobre temas ambientais
 GMWatch
 REPÓRTER BRASIL-Combate ao Trabalho Escravo,Jornalismo Social e Comunicação Comunitária.
 CIMI-Conselho Indigenista Missionário.
 GLOBO AMAZÔNIA-
  Meio Ambiente:Informações sobre preservação ambiental-UOL ciência e saúde.
 A CARTA DA TERRA EM AÇÃO
 MAPA DA INJUSTIÇA AMBIENTAL E SAÚDE NO BRASIL
 Rede Brasileira de JUSTIÇA AMBIENTAL
 Press Centre/GREENPEACE INTERNACIONAL
 QUEIMADAS NOS CANAVIAIS: SCIELO BRASIL-Saúde e Sociedade
 CETESB-Centro Tecnológico de Saneamendo Básico:Companhia Ambiental do Estado de São Paulo.
 MPF- CARNE LEGAL
 UDOP-União dos Produtores de Bioenergia
 GAIA-Justiça ecologica e social
 SIGAM - Sistema Integrado de Gestão Ambiental
 LICENCIAMENTO AMBIENTAL
 AÇUCAR ÉTICO:respeito ao homem e meio ambiente
 ONU-Nações Unidas no Brasil
 ONU VERDE-O que você está fazendo para cuidar do meio ambiente?
 REDE DE INFORMAÇÃO E CONHECIMENTO - SES/SP
 BRASILAGRO-Informações para você ter opinião.
 SOS Rios do Brasil-Educação ambiental e preservação hídrica.
 DICAS PARA BLOG



CONTATO


 






“Todos têm direito ao meio ambiente ecologicamente equilibrado, bem de uso comum do povo e essencial à sadia qualidade de vida, impondo-se ao Poder Público e à coletividade o dever de defendê-lo e preservá-lo para as presentes e futuras gerações”.
Art.225 CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL DE 1988


HISTÓRICO:
Escolha o período para ler as mensagens arquivadas: